dança

Juntxs pela Mandala

A Mandala estava comemorando o seu quinto aniversário quando chegou a pandemia, e tivemos que fechar as nossas portas. Mesmo assim, não nos deixamos abater! Decidimos encarar as dificuldades como uma oportunidade para desenvolver ainda mais uma das nossas melhores habilidades: sermos criativos!

Foi assim que conseguimos manter quase todas as aulas da grade ativas, no formato online, e agora estamos procurando pessoas que, assim como nós, sejam apaixonadas por arte e bem estar, e estejam dispostas a adquirir um voucher, que poderá ser utilizado tanto para compra dessas aulas online, quanto para aquisição das aulas presenciais, assim que voltarmos a abrir.

Olha só o que preparamos para vocês:

Regras para utilização dos vouchers:
– Podem ser utilizados para aquisição de qualquer pacote de aula, workshop, participação em espetáculo, ingresso para assistir ao espetáculo, ou até mesmo para consumo no nosso Café vegetariano.
– São válidos até 19/12/2020.
– Podem ser utilizados de maneira fracionada, desde que respeitando a validade.
– São transferíveis.

Se interessou?
Acesse o link http://www.benfeitoria.com/juntxspelamandala 

Depoimento dos nossos alunos

Mandala significa círculo, e simboliza integração e harmonia.

Hoje nós trouxemos alguns depoimentos dos nossos alunos em meio a toda essa loucura de isolamento social. Como eles estão lidando com isso? O que eles estão sentindo? E o resultado foi puro amor! Aquele amor que quem está nas salas de aulas e nos corredores da #nossamandala sente todos os dias! É uma harmonia que só fazendo parte para sentir. 

Compartilhamos com vocês um pouco dessa nossa harmonia e amor, para que o seu dia seja iluminado, assim como foi para nós a primeira vez que ouvimos esses depoimentos!

Hoje queremos apenas agradecer por vocês fazerem parte da nossa grande família, e vamos juntos efrentando todos os obstáculos, porque juntos somos mais fortes!

Expectativa X Realidade

E finalmente aconteceu o nosso grande espetáculo deste ano: Os Extraordinários!

Só posso dizer que foi realmente incrível e que os feedbacks foram os melhores possíveis. Foi lindo ouvir dos alunos que eles estão gratos pela transformação que as aulas proporcionaram às suas vidas!

Pensando em tudo isso, fiz uma reflexão que eu gostaria de compartilhar com vocês…

Sabe aquela brincadeirinha que rola pela internet, sobre expectativas x realidade? Pois é, posso dizer que o que acontece nesses espetáculos normalmente é o inverso. As pessoas criam uma expectativa de que irão pagar algum tipo de mico no palco, de que irão errar tudo, ter um branco. No entanto, por fim sai tudo lindo, e elas mesmas se surpreendem com a própria superação.

Isso mostra que essas pessoas são reais, com dificuldades reais, que têm medo como todas as outras. Porém, o que as diferenciam das demais, é que, apesar de tudo, elas dão uma chance a si mesmas!

Fico realmente muito feliz em ver que esses alunos se permitiram passar pela experiência, e conseguiram perceber que são capazes de realizar coisas extraordinárias.

Por esse motivo, gostaria de dizer, principalmente a você, que ainda não tomou coragem de se apresentar, ou até mesmo você que nem se permitiu fazer uma aula:

Faça! Se jogue! Não deixe que seus medos e inseguranças te impeçam de desfrutar momentos especiais como esses. Tenho certeza de que irá se surpreender com aquilo que você é capaz de fazer!

Parabéns mais uma vez aos Extraordinários. Grande beijo a todos e… Namastê!

Dança e autoconhecimento

Você já reparou que quase toda escola de dança possui uma sala com espelho? Já se perguntou por quê?

A resposta pode ser técnica para muitas pessoas: “para que o professor possa enxergar a todos os alunos e o aluno ao professor, tendo como referência a mesma direção”. Porém, você já parou para pensar que, estar na frente de um espelho, numa aula de dança, proporciona uma simples, porém fantástica, oportunidade de enxergar a si mesmo de uma maneira totalmente diferente?

Já ouvi de muitas pessoas, e inclusive eu mesma, como aluna e professora, sempre espalhei por aí, que “a dança é uma poderosa ferramenta de autoconhecimento”. No entanto, parei esses dias para ir mais a fundo nesse pensamento. Seguem, então, algumas constatações:

Você passa a se olhar com mais atenção

Ao deparar-se diante do espelho, você olha o professor, com o intuito de entender e reproduzir seus movimentos, mas, em seguida, você necessariamente precisa SE OLHAR. No meu entendimento, a “mágica” começa aí.

Você descobre que é capaz

Você se dá conta de que é capaz de realizar coisas com o seu corpo, que você nem imaginava que conseguiria. Talvez, você que nunca dançou, pode estar pensando “ah, mas EU não seria capaz”. Posso responder com toda certeza: a menos que você tenha uma limitação física muito grave, como uma paralisia, por exemplo, você é capaz sim! rs

Você aprende mais sobre sua personalidade

Depois de um tempo de prática, você consegue enxergar sua personalidade impressa na sua dança. Dessa maneira fica fácil de entender seus próprios padrões comportamentais. Como eu sou na dança? Delicada? Intensa? Precisa? Forte? Sensual? Bem humorada? Certamente minha dança estará refletindo quem eu sou na vida, trazendo à tona características da minha identidade. Que maravilha ter acesso a todo esse material a nosso respeito, para que possamos tanto passar a respeitar nossas limitações, quanto transformar aquilo que queremos melhorar!

Você reserva um tempo só pra você

Aprender a dançar exige concentração, é quase uma meditação! Você precisa FOCAR EM VOCÊ mesmo(a), se não, não consegue realizar o passo. Já tentou realizar um pas de bourrée enquanto pensa na conta que tem pra pagar? A menos que tenha muito tempo de prática, seria uma missão impossível, rs. Ainda mais nos dias atuais, ter um tempo para observar a si, e ao que a sua alma ou essência (como preferir chamar) têm a dizer através corpo, chega a ser uma benção!

Ai, ai… E pensar que o autoconhecimento é apenas um dos inúmeros benefícios que a dança proporciona. *-*

E você? Aposto que, se você já praticou uma dança, teria muito que contar sobre como pôde se conhecer melhor através dessa prática… E se nunca praticou, quais são as suas expectativas? De uma forma ou de outra, vou adorar saber, então fique a vontade para deixar o seu comentário aqui abaixo ??

Namastê!

5 Hábitos que mudaram a minha vida

Confesso que este vídeo eu relutei um pouco a colocar no ar, porque ele foi gravado durante o meu processo de transição capilar.

Logo depois de assistir, não conseguia me desprender do pensamento de que meu cabelo estava terrível!

E eu ficava tentando achar outros defeitos no vídeo que justificassem eu ter que regravá-lo, até que eu decidi ouvir o áudio sem olhar pra imagem.

Então me dei conta de que tais defeitos não existiam realmente. E, embora , a mensagem foi passada de coração, fora que as “cenas por trás das câmeras” estão realmente engraçadas, rs, então por que eu deveria abrir mão desse material por causa do meu cabelo?

Dessa maneira eu consegui superar a autocrítica e resolvi passar a mensagem assim mesmo, afinal, a essência está toda aí:

5 Hábitos que mudaram minha vida

– Ir atrás daquilo que eu desejo, sem me afetar com a opinião dos outros
– Praticar danças femininas
– Praticar Yoga
– Parar de jogar a responsabilidade dos meus problemas sobre os outros (chega de mimimi)
– Decidir ter uma vida mais leve

Espero que tenham curtido!

Inclusive, quem quiser saber mais sobre transição capilar, ou compartilhar a sua vivência sobre isso, deixe um comentário. Quem sabe logo mais eu gravo um vídeo falando a respeito!

Namastê 🙂

Abrir Chat
Como posso ajudar?